"Dizer que ama é fácil. Difícil é a convivência, díficil é provar a cada dia que nasce que você ainda deseja ver o mesmo olhar, o mesmo sorriso, a mesma pessoa acordando ao seu lado, esquecendo a roupa jogada no banheiro, apertando o lugar errado na escova de dente ou ainda sujando o seu sofá enquanto joga video-game. Difícil é lembrar no meio de uma briga que aquela é a mesma pessoa que te trouxe flores no segundo dia de namoro, que mandava mensagem de madrugada dizendo que sentia saudade do seu beijo e que não podia ficar sem você. Mais quer saber de uma coisa? Eu passaria tudo isso com você, por que amor num é só “flores” como minha mãe diz, amar envolve tudo, e eu passaria “tudo” isso se eu soubesse que você me daria a mão, que você largaria do mundo pra ficar comigo, amar é isso, é cuidar, perdoar, lutar uma, duas ou até mesmo um milhão de vezes se preciso. Amor a gente dá aos poucos, por que tudo de uma vez faz mal. Isso meu caro, isso sim é amor."
- Requiz and Confidências-desnecessárias   (via involuntus)

(via involuntus)